“Os Riscos Desconhecidos Relacionados à Cebola: Um Alerta Importante

No ano de 1919, durante a pandemia de gripe que ceifou a vida de 40 milhões de pessoas, um médico empreendeu visitas a diversos agricultores em busca de maneiras de combater a doença, que havia vitimado muitos deles. Em uma visita a um fazendeiro na mesma região, o médico ficou surpreso ao constatar o excelente estado de saúde dos residentes.

Todos pareciam incrivelmente saudáveis. Ao questionar o fazendeiro sobre as precauções tomadas contra a gripe, a esposa dele prontamente respondeu que costumava colocar cebolas cortadas (com casca) em pratos, distribuindo-os pelos quartos da casa.

O médico mal podia acreditar no que ouvia. Solicitou ao fazendeiro uma das cebolas em uso e a examinou sob o microscópio, revelando uma grande quantidade de bactérias da gripe acumuladas. Ao consultar um pneumologista, foi esclarecido que as cebolas são poderosos ímãs para bactérias, especialmente as cruas.

Em resumo, é aconselhável evitar manter cebolas fatiadas para uso posterior, mesmo se armazenadas em sacos herméticos ou na geladeira. Seu consumo deve ser imediato, uma vez que seu uso posterior pode representar um perigo significativo.

Além disso, é crucial salientar que cães nunca devem ingerir cebolas, pois seus estômagos não têm a capacidade de metabolizá-las. É importante lembrar que cortar uma cebola e consumi-la no dia seguinte é perigoso, pois ela pode se tornar altamente tóxica, resultando em bactérias nocivas. Essas bactérias podem causar infecções estomacais devido a secreções biliares excessivas e intoxicação alimentar.

Compartilhe esta mensagem com todos aqueles que você ama e se preocupa!

Fonte: barreirasnoticias.com

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *