Desfrute do Gengibre Sempre Fresco: Aprenda a Plantar em Casa de Maneira Simples e Econômica

A despedida do gengibre de prateleira: Descomplicando o Cultivo em Casa

A reputação medicinal do gengibre traça suas raízes na China, datando de mais de 3.000 anos. Seu percurso histórico levou-o à Europa, sendo posteriormente disseminado pelos europeus pelo mundo.

Em eras passadas, o gengibre era uma mercadoria valorizada, alcançando preços tão altos na Inglaterra do século XIV que meio quilo equivalia ao valor de uma ovelha.

Atualmente, o gengibre é reconhecido por sua habilidade de acelerar o metabolismo, um aliado para quem busca perder peso. Além disso, destaca-se por suas propriedades anti-inflamatórias e analgésicas, recomendado para auxiliar no tratamento de dores e inflamações. A Organização Mundial da Saúde (OMS) endossa seu uso como remédio natural para o enjoo, e também para problemas digestivos, distúrbios respiratórios, inflamações articulares e dores menstruais.

Em geral, adquirimos o gengibre no mercado. No entanto, a surpresa reside no fato de que é possível cultivar essa raiz em casa. Vamos descobrir como.

PLANTANDO GENGIBRE EM CASA: A SELEÇÃO DE UMA RAIZ

O gengibre disponível no supermercado pode servir como base para a criação de suas próprias mudas em casa. Selecione rizomas (raízes) que sejam robustos e lisos. Se a casca estiver ressecada e descascando, é sinal de que o gengibre pode estar velho, tornando-se impróprio para replantio. Se já estiver brotando, melhor ainda, pois é uma muda em potencial.

Uma vez escolhido o rizoma adequado, envolva a raiz em uma toalha de papel úmida e coloque-a em um vaso. Mantenha a toalha sempre úmida. Quando as raízes começarem a brotar, estará na hora de plantar o gengibre.

O PLANTIO

Preencha um vaso profundo, com pelo menos 30 cm de profundidade e largura, com uma mistura de terra e adubo (esterco), garantindo também uma bandeja de drenagem.

Plante os rizomas logo abaixo da superfície do solo e cubra-os com uma fina camada de terra (aproximadamente 2 centímetros). Mantenha o vaso em local sombreado se estiver externamente, ou em um cômodo com pouca incidência de luz solar, se interno. Inicialmente, regue com moderação, aumentando conforme as raízes se desenvolvem.

O gengibre aprecia calor e umidade. Mantenha o solo úmido, sem encharcamento, e a uma temperatura mínima de 23 graus.

Em cerca de 12 meses, os brotos devem atingir entre 60 cm e 70 cm de altura.

A COLHEITA

Se as plantas estiverem crescendo bem, os rizomas podem ser colhidos conforme a necessidade. Corte uma parte da raiz, devolvendo o restante ao solo para um crescimento contínuo.

O gengibre, versátil em pratos doces e salgados, é uma excelente fonte de nutrientes como vitamina C, magnésio e potássio. Cultivar sua própria raiz em casa é uma solução econômica para desfrutar do gengibre fresco ao longo do ano.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *